Saltar para os conteúdos

Melhorar experiências

No SAPO levamos a sério as questões de "User Experience" e como tal, partilhamos as nossas regras e dicas de usabilidade, acessibilidade e SEO para garantir uma excelente experiência de utilização para os seus websites e aplicações.

Usabilidade

A usabilidade é uma característica que faz com que algo seja fácil de usar. Um sistema usável é aquele que nós chamamos de intuitivo e “user friendly“.

Aqui disponibilizamos um conjunto de regras e dicas de usabilidade para melhorar a experiência de utilização de websites e aplicações.

Regras e dicas de usabilidade

Acessibilidade

Ao contrário do que se pensa, a acessibilidade não serve apenas para facilitar o acesso a pessoas com necessidades especiais. Se conseguimos que o acesso seja mais fácil para estes utilizadores, automaticamente estamos a melhorar o acesso para todos os outros.

Consulte as nossas regras de acessibilidade para garantir que o acesso à informação é universal.

Regras e dicas de acessibilidade

SEO

SEO (Search Engine Optimization) é a prática de melhorar e promover um website de modo a aumentar o número de visitantes que recebe a partir de motores de busca. Existem muitos fatores que contribuem para o SEO, desde as palavras na página até à forma como os outros sites "linkam" para nós. Por vezes basta apenas assegurar que a estrutura do site está disposta de uma forma que os motores de busca a compreendam.

No entanto, o SEO não serve apenas para construir sites amigos dos motores de busca. Trata-se de o tornar melhor também para as pessoas que o visitam.

Regras e dicas de SEO

Checklists

Além das regras disponibilizadas nas secções anteriores, temos também um conjunto de checklists de verificação rápida de usabilidade, acessibilidade e SEO.

Podem servir como guias para desenvolvimento de novos websites ou para melhoria de sites existentes.

Checklists de usabilidade, acessibilidade e SEO

To design an easy-to-use interface, pay attention to what users do, not what they say. Self-reported claims are unreliable, as are user speculations about future behavior.